Pelas escarpas da Ursa, Adraga e Praia Grande

Description

Código Oferta: ESCARPAS (insira este código e participe gratuitamente) 

Pelas Escarpas da Ursa, Adraga e Praia Grande

Data de realização: 21 de Outubro de 2017

Descrição do evento:

Programa

Esta proposta de Caminhada tem inicio na Praia da Adraga, percorre trilhos e caminhos de grande beleza natural, desde a Praia da Ursa, até à Praia Grande. Uma caminhada a não perder para todos os amantes da natureza.

Alguns dos pontos de interesse da nossa caminhada:

– Praia Grande (observação das pegadas de dinossauro)
– Praia da Adraga
– Praia da Ursa
– Falésias e trilhos junto à costa
– Paisagens naturais

Praia Grande e as pegadas de dinossauro

A praia grande é constituída por um vasto areal que, a sul, é limitada por uma arriba onde se podem ver 66 pegadas de dinossauros. Esta arriba é de calcário e está quase na vertical, tratando-se de uma rocha sedimentar.

Há cerca de 120 milhões de anos havia neste local uma planície onde ficaram marcadas as pegadas nestas rochas sedimentares. Quando há cerca de 80 milhões de anos irrompeu o maciço da Serra de Sintra, estas rochas dobraram-se e ficaram quase na vertical mostrando as pegadas de dinossauros (saurópodes e terópodes).

Praia da Ursa

A poucas centenas de metros do Cabo da Roca existe um pequeno paraíso fotográfico chamado Praia da Ursa. A praia mais ocidental da Europa é um sítio selvagem, fruto de milhões de anos de erosão provocada pela força do oceano atlântico. Para lá chegarmos temos de descer um falésia difícil. Mas quando por fim chegamos ao areal sabemos que valeu o esforço. Escarpas pontiagudas entre falésias elevadas, um pequeno areal e inúmeras rochas trazidas pelo mar fornecem um manancial quase inesgotável de imagens arrebatadoras.

Praia da Adraga

Para além da conhecida praia, dependendo da maré, há uma espécie de segunda praia na Adraga onde podemos ir pelo próprio pé, à esquerda de quem está virado para o mar, e o acesso pode ser feito através de um arco naturalmente esculpido na rocha calcária, que finca ambos os seus pés no areal. Podem-se avistar igualmente rochedos de variadas formas isolados das arribas, já meio perdidos e à deriva no Atlântico, prova geológica de como a erosão não tem sido feita delicadamente por estas zonas.

Por outro lado, lá em cima, nas falésias calcárias desertas e quase sem vegetação que abraçam a Adraga, encontram-se brechas e falhas, como é mais que normal no calcário, e que as chuvas esbateram até se tornarem pequenos poços e cavernas, afunilados e profundos. A mais óbvia é a caverna que se encontra na arriba sul, onde normalmente as gaivotas descansam, negra como a noite, e à qual se deu o nome de Fojo dos Morcegos. Para lá ir é recomendável que se volte atrás e se tome novo caminho, seguindo a subida de declive mais suave e evitando a literal escalada que teremos de fazer se optarmos por tomar a distância mais curta vinda da praia

Local e hora do encontro: Parque de estacionamento da Praia da Adraga.

Latitude: 38°48’7.02″N
Longitude: 9°29’4.70″W
Parque de Estacionamento da Praia da Adraga
Rua da Praia da Adraga
Mapa do local do encontro: Seguir ligação
Hora do Encontro: 9h20m
Hora prevista para o final: 15h30

A organização sugere um pic-nic partilhado durante a caminhada dada a hora prevista para o final.

Esta caminhada tem nº limite de inscrições.

Distância a percorrer: 14 km

Nível de Dificuldade: 4-

Equipamento:

– Calçado adequado, botas ou sapatos com boa aderência

– Roupa adequada para caminhadas

– Levar no mínimo 1,5l de água

– Chapéu
– Protector solar

Observações: Só as inscrições efectuadas até às 16h30 do dia anterior à data de realização do evento permitem a activação do Seguro de Acidentes Pessoais

 

 


Rules


Caminhando

SelectandWin
Facebook
Tweets by SelectAndWin Twitter

Reviews

  
Review